Acompanhe o Templo de Salomão

22
JUL

Templo de Salomão: primeiro dia de inaugurações

Da Redação / Fotos: Demetrio Koch e cedidas 27 comentários



Pela primeira vez, bispos e pastores do Brasil e do mundo, juntamente com o líder e fundador da Universal, bispo Edir Macedo, estiveram unidos em uma só fé no maior Altar de Deus aqui na Terra: o Templo de Salomão, situado à Avenida Celso Garcia, 605, no bairro do Brás, região central de São Paulo.

Ainda na madrugada deste sábado, 19 de julho, era possível perceber nos arredores do Templo a dimensão do que seria aquele dia. Caravanas de diversas partes, trazendo bispos, pastores e suas esposas, chegavam uma a uma. 

O encontro especial foi dividido em duas reuniões: às 9h e às 18 horas, para poder acomodar mais de 20 mil pessoas confortavelmente. Os encontros foram transmitidos pela TV Universal, bem como pelas emissoras de tevê em que a Universal mantém programações diárias e pela Rede Aleluia de Rádio.

Na primeira oração no Templo – de joelhos – o bispo Macedo pediu a Deus que consagrasse cada milímetro daquele espaço e determinou que todas as pessoas que ali colocarem a planta dos seus pés recebam a unção do Alto, que faz a diferença, dá autoridade e poder, faz curar os enfermos, libertar os oprimidos e tornar a vida diferente. “Que daqui desse lugar venha emanar a luz do Teu rosto por todos os quatro cantos da Terra, onde quer que tenha alguém assistindo ou participando dessa transmissão. Que o mesmo Espírito da unção se estenda aos aflitos, feridos, cansados e sobrecarregados de injustiças. Todos, indistintamente, sejam tocados”, orou o bispo.

Ele lembrou a história de Abraão, que queria um filho e o Senhor o concedeu depois de quase 25 anos, mostrando-lhe um céu estrelado e lhe dizendo que assim seria a descendência dele: incontável e inumerável.

“Um dia, eu também olhei para as estrelas, a fim de ter a mesma visão de Abraão. Hoje, os meus olhos podem contemplar milhares e milhares de pastores, de homens de Deus e servos espalhados por todo o mundo, ganhando almas, tudo porque o Espírito Santo é o nosso Deus, o nosso Guia, o nosso Senhor e, no momento oportuno, começou a gerar filhos, tornando-nos como Sara (esposa de Abraão). Geramos o primeiro, depois o segundo e seguimos gerando nesses 50 anos de serviço a Ti”, destacou o bispo, ainda em oração, ressaltando que quando a pessoa tem um sonho, um desejo, não importam as circunstâncias, Deus, no momento dEle e no tempo certo, faz infinitamente mais do que pensamos ou pedimos.

Orações e consagrações

Durante os encontros, houve orações pelos pedidos das pessoas que participaram da Fogueira Santa de Israel, trazidos por bispos e pastores do Brasil e do mundo. No Altar do Templo, o bispo Macedo fez um clamor em favor delas. Houve ainda a consagração de pastores designados a bispos, dos levitas – obreiros e obreiras de São Paulo que foram escolhidos para, tal como no passado, serem os responsáveis por manter a ordem e o cuidado com o Templo – e de centenas de empresários, representando todo o empresariado da Universal.

Todos os pastores e esposas presentes também receberam uma oração especial para que saíssem dali com uma nova visão, um novo entendimento, certos de que Deus conta com cada um para que o Seu Reino chegue aos quatro cantos da Terra.

Divisor de águas

A consagração de bispos no Templo de Salomão contou com a presença de representantes da Universal que atuam em diferentes países.

“Para a família Universal, esse não é apenas mais um evento, é um marco, um antes e depois. Essa consagração representa o início de uma renovação para cada um dos milhões de membros da Universal espalhados pelo mundo. O Templo simboliza a fé viva. Cada pessoa que vier a esse espaço vai reconhecer a grandeza de Deus. Ele demonstra também toda a disciplina, a estrutura da Universal, e a perseverança do bispo Edir Macedo”, explicou o bispo Júlio Freitas, responsável pela Universal na Europa.

O bispo Marcelo Pires, responsável pelo trabalho da Universal da África do Sul, comparou o Templo de Salomão a episódios importantes descritos na Bíblia. “O Templo representa para nós exatamente o que a abertura do Mar Vermelho representou para Moisés, ou o que Josué experimentou quando as muralhas caíram. Depois de tantas perseguições, hoje nós estamos aqui, olhando para as portas do Templo de Salomão com a certeza de que Deus está conosco”, afirmou.

Para o bispo Randal Ferreira de Brito Júnior, responsável pela Universal no Japão, a inauguração do Templo de Salomão é um evento sem precedentes. “A abertura das portas do Templo é um divisor de águas na história do cristianismo no mundo. Ele também representa um recomeço. É como se a Universal, depois de 37 anos, começasse com uma nova visão, uma nova maturidade, uma fé mais inteligente e mais dedicada a Deus. Eu chamaria esse evento de reinauguração da Universal.” Ele e a esposa, Cláudia, fizeram uma viagem de 25 horas entre Japão e Brasil para participar da reunião.

A abertura oficial do Templo de Salomão será no dia 31 de julho próximo.

Assista ao vídeo da primeira reunião de inauguração do Templo de Salomão, que ocorreu no dia 19 de julho, às 9h da manhã:

Assista ao vídeo da segunda reunião de inauguração do Templo de Salomão, que ocorreu no mesmo dia, às 18h:

Veja abaixo algumas imagens do primeiro dia de inaugurações do Templo de Salomão:

Espalhe por aí!

09
JUL

Missão cumprida

Da Redação 63 comentários


Como temos divulgado, tivemos nos últimos meses a visita constante do bispo Macedo e comitiva nesta reta final da obra. Entretanto, nos últimos dias se intensificaram as visitas devido à cada detalhe dos preparativos da grande inauguração, que está às portas. Isso fez toda a diferença!

Não poderíamos deixar de parabenizar a Universal, neste dia 09, pelos seus 37 anos de lutas, muito sacrifício e também muitas conquistas, mas, principalmente, pelas transformações de vidas alcançadas.

O compromisso assumido no início deste processo por todos os envolvidos - e ratificado  ao longo dele - foi cumprido devido à dedicação e empenho de milhares de profissionais que, direta e indiretamente, contribuíram para este grande feito. Neste momento, as equipes se dedicam na limpeza, ajustes e testes finais para o grande dia. Também agradecemos a todos que acreditaram e contribuíram para se honrar os compromissos financeiros assumidos neste grande empreendimento. 

Enfim, o que fica como lição aprendida é que quando sacrificamos por um sonho que Deus coloca dentro de nós podemos realizar coisas magníficas e extraordinárias.

Espalhe por aí!


Acompanhe ao vivo a construção do Templo